PENSE

Vamos parar um pouco e pensar como a vida é passageira! Dependendo do angulo que observarmos vamos perceber o quanto somos pequenos e insignificantes, e como somos grandes e importantes. Percebamos a imensidão do universo, e as pequenas criaturas, pedaços de carnes ambulantes em busca de objetivos que no final nao tem nenhuma importância! Se olharmos a luta de um espermatozóide para poder fecundar um óvulo, a grandeza que é a evolução do ser humano, e como somos perfeitos, tudo tem seu sentido, e como nossas atitudes tem reflexos na vida dos que nos rodeiam, e também temos certeza da lei do retorno! É... Vejo a vida como uma dádiva de Deus, onde podemos traçar nosso próprio destino tendo sempre a certeza que tudo que vai volta! Percebemos quão grande é nossa importância nessa imensidao de mundo, onde seres tao pequenos como nós, somos tão grandes e importantes aos olhos de Deus!

 

O mundo dos apaixonados

Atire à primeira pedra quem nunca sentiu as borboletas na barriga, as pernas bambas, perdeu várias horas do dia pensando na pessoa, e muitas vezes sem querer!

É meu caro, o nome disso é paixão, um sentimento bom que nos faz sentir viva, o qual todo mundo já provou esse gostinho! Segundo cientistas esse sentimento é pura química, onde todas essas sensações são causadas por liberações de hormônios como a feniletilamina e outros, que causam essa sensação tão boa!

Mas as pesquisas também mostram que com o passar do tempo nosso corpo vai adquirindo resistência a esses hormônios, e para que essa sensação continue sempre presente, é preciso que a dose desses hormônios seja liberada em grande quantidade!

Mas mesmo assim com uns três a quatro anos esse sentimento vai se “acalmando” e se transforma em amor, algo mais tranquilo, seguro, estabilizado!

MAS diga aí: existe coisa melhor que esse friozinho na barriga?

Essa vontade que chegue o final do dia para encontrar com aquela pessoa?

Rsrsr, pois é, é muiiito bom está apaixonada!

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]